.

elas se apaixonavam por mim, eu por elas. tudo ia embora depois de uma foda. as loucas voltavam para mais, e ai ficava perigoso, você poderia morrer. eu já não sentia mais nada, era só mais um organismo perambulando com e entre os mundos alheios. ironicamente, ainda estava tudo confuso e a confusão tinha origem em outra louca. ela já me havia chutado outra vez. devem ter doido os dedos do pé dela, mas do resto provavelmente tudo bem! merda. agora restava uma porção de músicas, amigos, poemas, ruas vazias e cigarros. se tudo andasse para frente, estava ok.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *