seguidores do nada.

fiquei acordado na madrugada
foi esquisito.

não era você,
não era eu
o que então
era?

eu havia saído do equilíbrio
e então, o abismo
mas agora já não era nada
o que então
era?

minhas pernas tremiam
o dia estava frio
– mas eu sentia calor

estava tudo tão quieto.
e aqui dentro, eu já não gritava

o sentido se criava.
mas eu não.
ainda não.

minha caixa de pandora:
medo, ansiedade, alegria, orgulho, dúvida, amor, raiva, desesperança.
esperança.

a rua me chamava para caminhar.
algo doce lá,
nas ruas.

um cigarro e um copo de cerveja me faziam bem.
e eu me fazia mal, seguindo vocês.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *