ter.a.pia

durante meses vi
uma borboleta se tornando.
e quando deixou seu casulo não havia peso,
então voou.

antes de ir, me falou: obrigado,
ter-a-pia.

e eu aqui,
de nada
e obrigado.
agora sou muitos mais eus do que eu era.

muitos mais eus, muito mais leves.
voamos.

Leave a Reply

Your email address will not be published.