teus seios.

e há essa garota especial em minha cabeça.

timidus ad infinitum, me deixas
ainda que não saiba.

– Timido voce? Até Parece!
vocês não sabem!

provavelmente nunca falaremos
nas proximidades labiais que agradariam meus desejos

lhe abracei enquanto você deitava,
e quando acordei, nada real.

com esse teu sorriso sincero
e o jeito escondido que grita
– “me cuida”
e eu te cuidaria,
mas nada será de nós.

um dia dormirei
e te beijarei uma última vez,
e teus seios que me fazem vibrar,
sua pele cristalina
e tuas risadas,
morrerão uma última vez em meus braços.

e logo eu desejarei a próxima rodada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *