vou-me embora.

incompetencia
do teu ego ao meu.

esmagamos-nos,
com cintos de segurança.

me vêm, lágrimas secas.
te vai, sorrisos imaturos.
também me vem: sorrisos imaturos,
te vai, lágrimas secas.

cambalhotas, sobre o nada.
e participo de toda nossa coisa de vermes:
se espalhando, cutucando-se, um acima, e abaixo do outro.
no mesmo momento, tudo.
o caos intrínseco das tentativas de nossas hierarquias.

bom, bom, não bom.
vou-me embora.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *